3.13.2006

Porque calculas o amor

E quando fazes isso, todas as contas vão dar erradas.

11 Comments:

At segunda-feira, 13 março, 2006, Blogger Luisa Santos said...

"Tens um caderno cheio de riscos confusos. Usas sinais matemáticos para tudo. Datas, listas, para que precisas de tanta coisa? Achas mesmo que consegues controlar tudo? Vives realmente a vida que achas que controlas?"

Um amigo encheu-me de perguntas, numa tarde de muitas cervejas (que eu detesto, por sinal). O meu caderno - agora outro - continua cheio de riscos e rabiscos. Continuo profundamente irritada com a ideia de que não vou fazer metade das coisas a que me proponho. Mas o não saber como vai ser o amanhã, que os meus planos podem mudar daqui a 5 minutos, dá-me 1 certo gozo. Hoje, não estou a conseguir formar um pensamento, frase, ideia com nexo. Mas não resisti :-)

 
At segunda-feira, 13 março, 2006, Blogger Zofia said...

De Fernando Pessoa:

Não sei quantas almas tenho.
Cada momento mudei.
Continuamente me estranho.
Nunca me vi nem acabei.
De tanto ser, só tenho alma.
Quem tem alma não tem calma.
Quem vê é só o que vê,
Quem sente não é quem é,
Atento ao que sou e vejo,
Torno-me eles e não eu.
Cada meu sonho ou desejo
É do que nasce e não meu.
Sou minha própria paisagem;
Assisto à minha passagem,
Diverso, móbil e só,
Não sei sentir-me onde estou.

Por isso, alheio, vou lendo
Como páginas, meu ser.
O que sogue não prevendo,
O que passou a esquecer.
Noto à margem do que li
O que julguei que senti.
Releio e digo: "Fui eu?"
Deus sabe, porque o escreveu.

 
At segunda-feira, 13 março, 2006, Blogger Caroço said...

O amor não se conta, vive-se..

 
At segunda-feira, 13 março, 2006, Anonymous joão said...

Calculo que sim... :-P

 
At terça-feira, 14 março, 2006, Blogger Mak, o Mau said...

É por isso e por ter chumbado a Matemática desde o 7º ano...

 
At terça-feira, 14 março, 2006, Blogger Zofia said...

Já tocou? Vais a história?

 
At terça-feira, 14 março, 2006, Blogger Mak, o Mau said...

Nope, nessa passei à história...

 
At terça-feira, 14 março, 2006, Blogger Zofia said...

Ehehehehe...

 
At terça-feira, 14 março, 2006, Blogger JM said...

realmente o amor deve ser das coisas menos matemáticas que existem...

mas há uma conta q deve dar sempre certo:

1+1=1

 
At quarta-feira, 15 março, 2006, Anonymous angel_martins82 said...

tenho k concordar, k a unica conta possivel é a de 1+1=1,2 (pk cada um tem de ter um pouco do seu espaço, para os seus stress´s, mesmo k compartilhados com o outro 1 , por isso 0,2)....lol


E para que calcular o amor, para adivinhar as supressas ou tristezas do futuro, para isso preferia nao saber fazer contas...antes futuro impervisto, k matematica certa

 
At sábado, 02 setembro, 2006, Anonymous C2H6O said...

Mentira! (João Marques) - 1+1= 3 ou mais quando estamos a falar a falar de relações! Só no nível físico! A nível emocional acho que é uma progressão exponencial...se tivermos coragem para arriscar!

 

Enviar um comentário

<< Home