1.28.2006

Lembras-te amigo?

Queriam ir ver o concerto sem pagar. Correram para a porta dos artistas para tentar entrar. Em vão. Desmotivados desistiram e desceram as escadas. Viram um toxicodependente a empobrecer-se, com uma seringa espetada no pé esquerdo. A noite não podia piorar. Chegaram ao carro, viram ao longe a bela da multinha de estacionamento. Procuraram a chave do carro, não a encontraram. Percorreram todos os caminhos, até procuraram bem perto do toxicodependente – que nem se apercebeu – e foram encontrar a artista bem perto da porta. Voltaram ao local do crime para se darem como culpados aos polícias maus, e seguiram para o cinema numa tentativa de relaxar e porque noite não podia piorar. Sem medos, entraram num filme que parecia bom. Não foi...

2 Comments:

At quarta-feira, 01 fevereiro, 2006, Blogger Zofia said...

Este post confessou-me que se estava a sentir diminuido. Toma lá um comentário, querido post. Sabes que estou sempre aqui para ti. Beijinho.

 
At quinta-feira, 02 fevereiro, 2006, Anonymous o amigo said...

a parte boa desta noite errada foi passá-la com a pessoa certa.

 

Enviar um comentário

<< Home