3.01.2008

Hoje quase sorri.


Os últimos meses têm sido bons, tenho quase sorrido. Mas incomodam-me esses quase. O que quase ganhou ainda pode perder porque ainda joga. O que quase partiu mas que continua no mesmo lugar. Se calhar sou cobarde. Podia decidir de uma vez por todas entre a alegria ou a tristeza. Mas esta vida a meio gás, o tempo que não passa nem depressa nem devagar, tem-me prisioneira. Gosto de pensar que não pertenço a lado nenhum. Que não tenho raízes. Que não tenho família nem amigos de infância que sabem qual era o meu jogo preferido, ou que se lembram das fitas que fazia quando era pequena. Gosto de pensar que não tenho passado. Nasci aqui em Lisboa e nasci com 30 anos. Aparentemente não sou casada porque vivo num quarto arrendado bem perto do café A Brasileira. Aparentemente também não tenho amigos porque sou muito solitária. Tenho as minhas rotinas e elas são cheias de nada ou de ninguém. Não vou tomar café com amigos, não tenho encontros com rapazes. Ninguém me conhece e eu não conheço o meu passado. Gosto de pensar que posso pegar na mochila e colocar lá dentro a única coisa que me interessa guardar. Aquela fotografia. Daquele momento que não recordo porque nasci com 30 anos. Daquele momento que não vivi porque apaguei de mim todas as memórias. Porque não me lembro. Não me lembro do que fiz, do que fizeste, do que eu fiz porque fizeste. Ou porque fiz o que tinha a fazer. Não me lembro, ou não me recordo, ou esforço-me para não me lembrar. Não te deixes errar outra vez, digo-me a mim própria. Ainda vou a tempo. Ainda vou a tempo porque ainda me lembro da última vez que sorri.

20 Comments:

At segunda-feira, 03 março, 2008, Anonymous Anónimo said...

chill out...
joga sem pensar q podes perder ou ganhar.
se precisares de amigos eu posso emprestar alguns :)))

 
At terça-feira, 04 março, 2008, Blogger Sandro said...

É uma corrida contra o tempo que deves fazer tudo por ganhar.
Esquecer de como sorrir... não vejo maior perda que essa.

Um beijo

 
At quarta-feira, 05 março, 2008, Blogger pu pu pi tu said...

: ).

para ti!

 
At quinta-feira, 06 março, 2008, Blogger Zofia said...

Eu estou óptima. :) O que eu escrevo sao apenas pensamentos, exercícios. Saio de mim e imagino.

É muito raro no blog conseguir-se saber o meu estado de espírito porque sao só palavras, que embora cheias de sentimento, nao sao de agora, e podem (e sao na maioria) fictícias, apanhados de sentimentos de outros, de meus imaginados, meus já sentidos... :)

Normalmente escrevo coisas tristes. Gosto até da escrita melo-dramática... saudosista, nao fosse eu portuguesa.

:) Por isso, já sabem: quando eu estiver triste, eu aviso.
Obrigada pela preocupacao, though. :)

Muitos beijinhos. :)
E sorrisos.

 
At quinta-feira, 06 março, 2008, Anonymous Anónimo said...

significa q já não precisas de amigos?
mas continua pq fazes sobressair a minha veia poética :)))

 
At sexta-feira, 07 março, 2008, Blogger Homem da faina said...

Cara "Madrinha Sofia": (que certamente não se recordará de mim, já que pelos vistos nasceu em Lisboa aos 30, e na altura em que ainda andávamos na Católica os 30 eram porventura uma miragem, como o ainda são para mim agora)

Gostei muito do blogue, momentos houve até em que pensei "ora bolas, porque não fui eu a escrever isto?" e este é certamente dos maiores elogios que conheço.

De um novo leitor do Control Alt Del, Miguel

 
At sábado, 08 março, 2008, Blogger Zofia said...

Caro Homem da Faina,
Claro que me lembro de ti, Miguel!
Fico contente que tenhas gostado! Volta cá mais vezes e manda-me um comentário com o teu e-mail que eu nao publico mas fico com ele. Beijinho grande!!

 
At sábado, 08 março, 2008, Blogger Zofia said...

Claro que preciso de amigos. :) Toda a gente precisa de amigos!
Até os monstros. ;)

 
At domingo, 09 março, 2008, Anonymous Anónimo said...

c'est toi la bete?
oui,
c'est moi la belle

 
At segunda-feira, 10 março, 2008, Anonymous Anónimo said...

ooops :)))
la belle et la bête
http://www.imdb.com/title/tt0038348/

 
At terça-feira, 11 março, 2008, Blogger Pericles Pinto said...

Vou passar a ir à Brasileira com mais assiduidade...

Então e o link para o Muito suave??? Nunca mais te lembraste!!!
http://muitosuave.blogspot.com/

 
At segunda-feira, 24 março, 2008, Blogger Lavínia Matos said...

Fantástico. Parabéns!

 
At quinta-feira, 27 março, 2008, Blogger T said...

Tenho saudades tuas e de te ouvir dizer estas coisas por palavras ditas!
E eu não costumo ter saudades...

 
At sexta-feira, 28 março, 2008, Blogger Débora said...

Gostei. Muito.

:)

 
At sexta-feira, 28 março, 2008, Blogger Débora said...

Gostei. Muito.

:)

 
At quarta-feira, 02 abril, 2008, Blogger Abssinto said...

E é uma bonita fotografia essa tua aos 30 anos;) não desperdices beleza, menina!

 
At terça-feira, 08 abril, 2008, Blogger bruno said...

eu tb me lembro da ultima vez qaue te vi a sorrir! foi num qualquer café do chiado, durante um qualquer jogo da nossa seleção... along long time ago, in a galaxy far far away...

beijos pra ti professorinha! :)


Bru

 
At quarta-feira, 24 setembro, 2008, Blogger Miss Pu said...

Vejo aí um pouco de Luis Fernando Veríssimo...

 
At quarta-feira, 24 setembro, 2008, Blogger Zofia said...

Obrigada, miss Pu. :)
És copywriter, também? Onde?

 
At quarta-feira, 24 setembro, 2008, Blogger Zofia said...

Obrigada, miss Pu. :)
És copywriter, também? Onde?

 

Enviar um comentário

<< Home